MiguelCar - Comércio de Automóveis Usados 

O CITROÊN CX faz 40 anos

Revelado no Salão Automóvel de Paris em 1974, o CITROEN CX sopra hoje 40 velas, trazendo-nos à memória um veículo ousado e repleto de estilo. Surgiu como resposta criativa aos problemas da época, tendo o CX sido capaz de impor os seus avanços tecnológicos, incluindo o motor Diesel com turbocompressor, na versão GTi, mas também ao nível do bem-estar, com a suspensão hidropneumática. Foi no ano de 1974, por ocasião do Salão Automóvel de Paris, que a CITROEN apresentou pela primeira vez o CX 2000. Reconhecido pelo seu conforto, ergonomia e ligação com a estrada, o CX obteve no ano do seu lançamento o galardão de \"Carro do Ano\", o \"Prémio de Segurança\" e ainda um troféu no domínio do estilo (\"Award Auto Style\"). Desenhado por Robert Opron, esta berlina bi-corpo de 4,63 metros de comprimento foi a primeira equipada com um motor Diesel na história da Marca. Com este modelo, a CITROEN conquistou o mercado dos grandes modelos de estrada europeus, apresentando-se como uma alternativa aos motores a gasolina. Na verdade, um ano após o choque petrolífero de 1973 e já na época preocupada com a gestão dos custos operacionais, a Marca inovou, propondo motores eficientes ao nível dos consumos em automóveis muito agradáveis de conduzir. A aerodinâmica deste modelo desempenha, também, um papel primordial nessas pesquisas, sendo a própria sigla CX demonstrativa do seu baixo coeficiente de penetração. Nos anos seguintes, a Marca dá continuidade às suas melhorias tecnológicas e faz evoluir o CX, nomeadamente através de uma versão break em 1975, de uma versão desportiva é o 2400 GTi de injecção electrónica é em 1977, passando o modelo a ser considerado então como o mais rápido estradista francês. A partir de 1978 oferece uma versão Prestige, com o chassis alongado em 28 cm. Reconhecido pelo seu estilo e pela audácia em termos tecnológicos, o CX foi também um veículo de elevado conforto. Ele herdou a suspensão hidropneumática de altura constante do DS, que lhe garantia uma impecável ligação à estrada, bem como o sistema de direcção adequado à velocidade, com retorno automático à posição em linha recta, herdado do modelo SM de 1970. O conforto encontra-se também nas suas inovações em benefício de uma maior facilidade de utilização. Na verdade, a inovação C-matic, com conversor de binário, dispensa o pedal da embraiagem, proporcionando mais espaço. Isto já para não falar do design de interiores, que oferece maior conveniência ao condutor, dotado de posto de condução futurista que permitia o acesso a todos os comandos sem ter que largar o volante. O CITROEN CX era um modelo que não dispensava, por isso, a inovação. Em 1985 ele tornou-se no primeiro automóvel francês a ver-se equipado com um dispositivo de travagem ABS. Verdadeiro sucesso comercial, o CX esteve no mercado até 1991, contabilizando mais de 1,2 milhões de exemplares vendidos. Hoje, a história do CITROEN CX tem continuidade através dos muitos eventos e encontros, nomeadamente do CX Club de France e da Amicale de France, enquanto toda a emoção suscitada pelos YoungTimers, modelos desportivos da década de 1980 agora de colecção, faz reviver um modelo como o CITROEN CX GTi Turbo.

Notícias recentes

BMW Portugal vai chamar quase 2400 carros à revisão
16/08/2018

A BMW vai chamar à revisão em Portugal. Podem estar e ...

Abertura Oficial MiguelCar II - Varge Mondar
30/08/2016

A nossa rede está a crescer.

Abrimos as no ...